• Clínica Rothier Odonto

PREVENÇÃO E SAÚDE BUCAL DO IDOSO


Nesta semana comemoramos o Dia dos Avós.

Nossa homenagem especial para nossa querida paciente Dona Cacilda, que com seus 81 anos não descuida de sua saúde bucal.

Especialmente nessa fase, a manutenção da saúde bucal permite a correta mastigação com o total aproveitamento dos nutrientes dos alimentos, refletindo na saúde geral desses pacientes.

Segundo pesquisas do IBGE, na esteira dos países desenvolvidos, o Brasil caminha para se tornar um País de população majoritariamente idosa. Em 2030, o grupo de idosos de 60 anos ou mais será maior que o grupo de crianças com até 14 anos, e em 2055, a participação de idosos na população total será maior que a de crianças e jovens com até 29 anos.

Além da consciência do próprio idoso com a higiene bucal, evitando o consumo de açúcar, escovando os dentes após as refeições e usando o fio dental diariamente, o acompanhamento da família é fundamental, orientando e observando qualquer anormalidade que venha ocorrer: queixas como dor nos dentes, sangramento gengival e feridas que demoram a cicatrizar por mais de 15 dias.

OS PROBLEMAS MAIS COMUNS

- doença periodontal – a inflamação da gengiva pode ser decorrente da dificuldade do idoso em realizar uma boa higiene oral diária por alguma alteração de sua motricidade. Tal condição é controlada pelo acompanhamento periódico junto ao dentista.

- cáries – especialmente as cáries radiculares apresentam maior incidência nessa fase da vida, causando dor, dificultando a mastigação e podendo até levar a perda do dente.

- lesões bucais ocasionadas pela má adaptação das próteses – esses machucados nas mucosas podem ocorrer tanto por próteses recém colocadas quanto por próteses frouxas. Cada caso deve ser avaliado e a causa da lesão removida fazendo um ajuste ou uma nova prótese. Se não forem tratadas, as lesões dificultam o uso da prótese e assim o paciente idoso não conseguirá mastigar e absorver os nutrientes da alimentação, ficando mais suscetível a problemas de saúde.

- xerostomia (boca seca) – alguns medicamentos apresentam como efeito colateral o ressecamento de mucosa além do fato dos idosos sentirem menos sede. A boca seca aumenta a ocorrência de cáries e inflamações gengivais. Dessa forma, na consulta com o dentista, o paciente deve relatar todos os medicamentos que usa para que o profissional opte pela melhor terapia na prevenção de problemas dentários e gengivais. Lembrando sempre da importância de se manter hidratado, bebendo muita água.

- sensibilidade nos dentes - Nessa fase é comum os dentes ficarem mais sensíveis. A gengiva retrai fazendo com que a raiz do dente, que não possui a proteção do esmalte fique exposta. Na avaliação do paciente, o profissional propõe a melhor terapia para solucionar a sensibilidade, que vai desde orientação em relação a força de escovação, escovas dentárias apropriadas, cremes dentais específicos até o recobrimento da raiz exposta e laserterapia.

Com as novas tecnologias e acesso a informações sabemos que existem muitas alternativas para evitar a perda de um dente, por isso sempre que perceber algo fora do normal, procure seu dentista.

A prevenção é muito importante, agende uma consulta em uma de nossas unidades Barra, Ipanema ou Niterói. A Clínica Rothier Odontologia Integrada possui a mais alta tecnologia com o uso de scanner intraoral, laser, simulações virtuais do tratamento para que o paciente da terceira idade seja acolhido com conforto e carinho.

Clique aqui e agende uma consulta

pelo nosso whatsapp!

#tratamentodentário #dentistaNiterói #dentistabarradatijuca #dentistaIpanema #dentistanamelhoridade #retrataçãogengival #doençaperiodontal #cáriesemidosos #lesõesnaboca #bocaseca #xerostomia #sensibilidadenosdentes

  • Instagram Clinica Rothier
  • Facebook Clinica Rothier
  • Canal YouTube Clinica Rothier

Instituto Rothier Serviços Profissionais LTDA

Av. Das Américas, 3.333  sala 1312 Rio de Janeiro - RJ 
CEP. 22631-003

CNPJ: 28.778.951/0001-05