• Clínica Rothier Odonto

Fundação da Sociedade Brasileira de Ortodontia


Na década de 40, foi fundada uma sociedade ortodôntica com o nome de Sociedade Brasileira de Ortodontia, embora seus estatutos fossem diferentes. Nesta ocasião não havia um rigor maior quanto a seleção dos sócios que praticassem a ortodontia como especialidade. Assim, alguns dentistas clínicos, famosos na época, chegaram a fazer parte desta entidade como o Dr. Virgílio Moojen de Oliveira, nesta ocasião era Professor Catedrático de Prótese da Faculdade de Odontologia da Universidade do Brasil, uma vez que no início do século a ortodontia pertencia a Cadeira de Prótese Dentária, e o Dr. Gilberto Nunes Pereira. Outros profissionais que exerciam a ortodontia como especialidade também faziam parte desta sociedade: Dr. Kant Rothier Duarte e Dr. Joaquim Bezerra Cavalcanti. Esta entidade acabou encerrando suas atividades pela divergência de interesses do seu quadro social. Sua diretoria estava assim constituída: Joaquim Bezerra Cavalcanti (presidente), Kant Rothier Duarte (vice-presidente) e Virgílio Moojen de Oliveira (secretário).

Sabedores da frustrada tentativa de se fundar uma sociedade ortodôntica, desta vez começaram a trabalhar na elaboração de um estatuto bem rígido para que interesses outros não desviassem esta sociedade ortodôntica dos princípios para os quais estava sendo criada: divulgar o conhecimento ortodôntico técnico-científico pelo Brasil.

Fundar a Sociedade Brasileira de Ortodontia se tornava imperioso pois a exemplo do que ocorria nos Estados Unidos onde as sociedades ortodônticas organizavam encontros para divulgar e trocar conhecimentos científicos entre seus membros, aqui no Brasil isto também poderia ser feito caso os ortodontistas se reunissem numa sociedade.

De 1950 a 1955 muitos ortodontistas brasileiros viajaram para os Estados Unidos e Argentina para estudar ortodontia, e se influenciaram pelos aspectos associativos em nos quais os ortodontistas se organizavam nesses países.

Nas décadas de 1940 e 1950 os equipamentos e materiais ortodônticos comercializados em grande parte eram fornecidos pela SS White, que dominava o mercado naquele período e era representada aqui no Rio de Janeiro pelo Sr. Krentel. Assim no ano de 1953 o Dr. Arne Björk retornava da Argentina para os Estados Unidos e o Sr. Krentel conseguiu que ele ministrasse uma conferência sobre o mesmo tema mostrado em Buenos Aires, nas instalações da SS White. Convidou os ortodontistas da época para assisti-lo e esta reunião estimulou a idéia de formação de uma sociedade, pois a ata de fundação da SBO seria assinada neste mesmo local.

Nesta época havia, no Rio de Janeiro, quatro grupos de ortodontistas que eram independentes: o grupo do Dr. Kant Rothier Duarte com seus assistentes; o grupo da Faculdade Nacional de Odontologia liderado pelo Dr. José Édimo Soares Martins; o grupo do Dr. Newton de Castro; e o grupo do Dr. Moacyr Rutowitsch, que nesta época trabalhava na Policlínica Geral do Rio de Janeiro, onde também treinava outros profissionais para auxiliá-lo. O Dr. Moacyr Rutowitsch tomou a iniciativa de convidar os outros três grupos para formarem um centro de estudos e a primeira palestra foi dada por ele sobre preparo de ancoragem pela filosofia de Tweed: “Tip Back Bends”. Os slides foram tirados do livro do Dr. Robert H. W. Strang com quem o Dr. Moacyr havia estudado na Temple University.

As reuniões para a elaboração do estatuto ocorriam quase sempre na casa do Dr. Moacyr Rutowitsch e lá estavam: Dr. José Édimo Soares Martins, Dr. Armando Werneck de Carvalho, Dr. Newton Rabello de Castro e Dr. Carlos de Souza Telles. O primeiro estatuto foi elaborado de forma a só permitir a entrada de profissionais que exercessem a ortodontia como especialidade, baseada na Escola Anglista.

Assim estes especialistas se reuniram em 18 de agosto de 1955 nos salões da SS White, na praça Floriano Peixoto, a convite do Sr. Krentel e fundaram a primeira entidade de especialistas em ortodontia do Brasil: Sociedade Brasileira de Ortodontia. Esta ficou assim constituída:

- Presidente: Moacyr Rutowitsch

- Vice-Presidente: Kant Rothier Duarte

- 1o Secretário: Newton Rabello de Castro

- 2o Secretário: Armando Werneck de Carvalho

- Tesoureiro: Tobias Kant Coutinho Rothier

- Diretor Científico: José Édimo Soares Martins

Também assinaram a ata de fundação os doutores Delfino Magalhães Lustosa, Linneu Marcondes Silva, Odilon Frossard de Souza e Spencer Rothier Duarte.

Embora estivessem presentes no ato da fundação e terem colaborado ativamente, inclusive na legalização da mesma, os doutores Hélio de Oliveira Fernandes e Carlos de Sousa Telles não puderam assinar a ata como fundadores, já que por sugestão do Dr. Martins, só deveria ser assinada pelos profissionais que exerciam a ortodontia com dedicação exclusiva na ocasião.

Ao longo dos primeiros anos esses profissionais dividiram a responsabilidade de levar adiante os objetivos da SBO se revezando na sua direção.

Como não havia um órgão regulamentador da especialidade a preocupação era constante no sentido de não permitir a entrada de sócios que pudessem desviar a sociedade dos princípios para os quais ela havia sido fundada. Na década de 70 foi criado um Conselho Deliberativo com esta finalidade e para avaliar a capacidade profissional dos candidatos a sócios e que estes também deveriam ser apresentados por outros dois sócios como se faz atualmente.

Hoje este questionamento de qualificação profissional está a cargo dos Conselhos Regionais e Federal de Odontologia, bastando para tal que o candidato preencha os quesitos constantes no formulário de admissão de novos sócios; no entanto logo após a fundação os candidatos para serem aprovados deveriam apresentar trabalhos por eles realizados para que a sua probidade profissional pudesse ser avaliada.

As primeiras reuniões científicas da SBO ocorreram no auditório da Hernandes Dental na Rua Corrêa Dutra número 126 no Centro da cidade do Rio de Janeiro. O assunto a ser discutido nessas reuniões era selecionado pelo diretor científico da SBO. A escolha do palestrante e de quem iria fazer o comentário a respeito da palestra era feito por sorteio. Isto fazia com que todos se obrigassem a estudar com esmero os assuntos que seriam debatidos elevando o nível técnico-científico e conseqüentemente profissional dos sócios da SBO.

Na Faculdade Nacional de Odontologia da Universidade do Brasil (UB), situada naquela ocasião na Praia Vermelha, era o local utilizado para os cursos práticos com auxílio de typodont, pois o departamento de ortodontia organizado e montado pelo Dr. José Édimo Soares Martins aos moldes da Universidade de Seattle, era o local de eleição para todos esses eventos por atender as necessidades técnicas dos cursos.

Vamos em seguida conhecer melhor através de suas biografias um pouco mais sobre a vida e a formação ortodôntica dos sócios fundadores da SBO.

FONTE: LIVRO DOS 50 ANOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ORTODONTIA


  • Instagram Clinica Rothier
  • Facebook Clinica Rothier
  • Canal YouTube Clinica Rothier

Instituto Rothier Serviços Profissionais LTDA

Av. Das Américas, 3.333  sala 1312 Rio de Janeiro - RJ 
CEP. 22631-003

CNPJ: 28.778.951/0001-05