• Clínica Rothier Odonto

Dr. Delfino Magalhães Lustosa


O Dr. Delfino Magalhães Lustosa nasceu em 24 de dezembro de 1910 em Santa Tereza no Rio de Janeiro. Era filho de João de Almeida Lustosa e Olívia Magalhães Lustosa.

Foi casado com a senhora Margarethe Althaller Lustosa e teve dois filhos, Carlos Eduardo Lustosa, engenheiro, e Maria Christina Lustosa, arquiteta. Seus dois netos filhos de Carlos Eduardo são: Eduardo da Silva Lustosa e Manuela da Silva Lustosa.

O Dr. Delfino Lustosa sempre morou na Cidade do Rio de Janeiro, fez seu curso ginasial e colegial no Colégio Anchieta em Friburgo. Ainda quando estudante trabalhava na Gráfica Leozinger de propriedade da família. Estudou odontologia na Faculdade Nacional de Odontologia da Universidade do Brasil, hoje Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde se graduou em cirurgião dentista em 1938.

Inspirado em outros dois tios também dentistas de grande projeção profissional na época o Dr. Carlos de Almeida Lustosa, primeiro ortodontista brasileiro, diplomado pelo Dr. Edward Angle em 1922, como já foi mencionado no primeiro capítulo deste livro, e Dr. Paulo de Almeida Lustosa, fabricante da tão famosa cera “Dr. Lustosa” utilizada para aliviar as dores causadas pela pulpite.

Durante a sua formação odontológica já freqüentava o consultório de seu tio, Dr. Carlos Lustosa, tendo seu primeiro contato com a ortodontia. Ao se formar em 1938 foi trabalhar com o Dr. Kant Rothier Duarte, pois seu tio havia falecido no ano anterior em conseqüência de um atropelamento, herdando seu consultório e pertences. Trabalharam juntos no edifício Carioca, no Largo da Carioca número 5.

No início do ano de 1939 juntamente com o Dr. Kant Rothier, Dr. José Schimdt Sobrinho e Dr. Spencer Rothier foram trabalhar juntos no edifício Colombo na Rua Manoel de Carvalho número 16, situada atrás do Teatro Municipal. Seus consultórios ocupavam todo o nono andar do edifício formando assim uma das primeiras clínicas privadas para o tratamento exclusivo da ortodontia.

Ainda em 1939, quando os doutores Kant Rothier e José Schmidt Sobrinho foram para San Diego na Califórnia fazer curso de ortodontia com o Dr. Harwey Stalad, o Dr. Delfino Lustosa e Spencer Rothier ficaram responsáveis pelo atendimento de toda a clínica durante os oito meses em que eles estiveram ausentes. Era muito habilidoso, estudioso e preocupado sempre com o melhor resultado de seus casos.

Pertenceu também ao grupo de estudos de Patologia Oral fundado pelo Prof. Dr. Cláudio Mello onde aproveitava o contato científico com colegas de outras áreas para estar sempre atualizado. Presenciou e participou do treinamento, junto com o Dr. Kant, dos doutores Armando Werneck de Carvalho, 1942, e Tobias Kant Rothier, 1948, quando do início da formação destes profissionais em ortodontia. Era o responsável pela importação de todo material ortodôntico do grupo especialmente o que era comprado pelo correio na Rocky Mountain, de complexo desembaraço junto às autoridades alfandegárias.

Em 1952 o Dr. Delfino Magalhães Lustosa viajou para a Argentina para participar de um congresso ortodôntico que se realizou em Buenos Aires.

Em 1955 com a fundação da Sociedade Brasileira de Ortodontia exerceu várias funções em diferentes diretorias. Em uma destas oportunidades ocupava o cargo de vice-presidente, tendo assumido a presidência em sete de junho 1972 no lugar do Dr. Alderico Artese que teve que se ausentar devido ao curso de pós-graduação que fez nos Estados Unidos.

Quando o Dr. Kant Rothier se aposentou em 1961, o Dr. Lustosa mudou-se para a Av. Nossa Senhora de Copacabana 1052, salas 301 e 302, no edifício Sir Alexander Fleming (primeiro prédio construído exclusivamente para médicos e dentistas no Rio de Janeiro) em companhia dos doutores Tobias e Spencer Rothier. Ajudou também na formação do neto mais velho do Dr. Kant, o Dr. Eduardo Kant Rothier, quando este se iniciava na profissão logo ao concluir seu curso de graduação em 1973, antes de cursar a especialização em ortodontia na PUC-RJ em 1982.

Durante 33 anos teve uma única auxiliar de consultório, a Sra. Aida Malta, que além das suas obrigações próprias da sua função exerceu um papel importante no relacionamento profissional do Dr. Lustosa com seus pacientes. Seu senso de profissionalismo era tal que não faltou a um só dia de trabalho durante todos estes anos. Era uma pessoa muito querida por todos que a rodeavam. Com a morte do Dr. Lustosa seu trabalho não foi interrompido, pois o Dr. Tobias Rothier a manteve em sua clínica até que ela resolvesse se afastar para aproveitar melhor a vida em companhia de seu esposo que também se aposentara.

Foi membro ativo do Rotary Clube Internacional durante vários anos, participando de várias ações beneficentes e culturais realizadas pelo mesmo. Era o responsável por toda a parte burocrática da clínica e estava em plena atividade profissional quando faleceu em sete de dezembro de 1991 com 80 anos de idade, em conseqüência de uma parada cardíaca, numa festa de casamento de uma de suas clientes.

O Dr. Lustosa possuía uma agenda onde colocava todas as datas que julgava importantes para serem lembradas, assim começava sempre o seu dia de trabalho congratulando os amigos, clientes e comentando sobre fatos marcantes que teriam acontecido naquela data, com o bom humor que lhe era peculiar. Este modo de agir foi marcante e com a sua ausência todos sentiram muito a sua falta.

FONTE: LIVRO DOS 50 ANOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ORTODONTIA


  • Instagram Clinica Rothier
  • Facebook Clinica Rothier
  • Canal YouTube Clinica Rothier